O prefeito
da cidade de Novo Acordo,
Elson Lino de Aguiar (MDB), conhecido como “Doutorzinho”,
59 anos, que foi vítima de uma tentativa de homicídio na tarde dessa
quarta-feira (09), foi transferido para o Hospital Geral de Palmas (HGP). Segundo
informações, o quadro de saúde do prefeito é estável. Ele foi alvejado por três
tiros que atingiram uma das pernas, ombro e o rosto
. De acordo
com familiares, o prefeito não corre risco de morrer.
Ontem. à noite, estava
previsto o Elson Aguiar passar por uma cirurgia. A Polícia Civil
afirmou que o suspeito de fazer os disparos já tinha passagem por fazer ameaças
contra Elson Lino de Aguiar. Segundo Helciomar Aguiar, irmão da
vítima, a família está muito surpresa porque todos os membros são pessoas
dignas, de muito caráter.
“Nunca houve
briga, muito menos ameaças”
, disse ele. 
Entenda o caso
Segundo a
Polícia Civil, o prefeito estava na área da sua residência, dois homens, ainda
não identificados, chegaram em uma motocicleta, o garupa desceu do veículo,
entrou na residência da vítima e começou a atirar. A Polícia Militar informou
que viaturas da Força Tática, Patrulha Rural e da própria cidade estão em busca
dos suspeitos.
A Associação
Tocantinense de Municípios (ATM) tratou o caso como um atentado. A entidade
disse que “recebeu a notícia com indignação e lamento sobre a tentativa de
homicídio contra o prefeito Elson Lino de Aguiar Filho. O gestor é prefeito de
Novo Acordo desde 2016, quando foi eleito com 43.24% dos votos. Foi a segunda
vez que ele disputou a prefeitura da cidade. “Doutorzinho” é casado e se tornou
conhecido na região pela atuação em fazendas de criação de gado. Mais uma tentativa de assassinato de um gestor público no Brasil.