Marabá
27°C
Scattered clouds

Pintor é morto com tiros no rosto no nordeste do Pará

Homem foi morto com cinco tiros e assassino saiu do local do crime, correndo a pé.
Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O pintor Francisco Edinaldo da Silva, 49 anos, conhecido como “Naldo”, foi mais uma vítima da violência urbana, sendo morto a tiros, nesta quinta-feira (15), na frente de sua casa, em Castanhal, nordeste do Pará.

O homicídio ocorreu por volta de 9h, na Passagem das Flores, uma pequena rua sem pavimentação no bairro do Jaderlândia, chamada “Viela do Peixe”, onde impera a pobreza.

A vítima estava sentado na frente de sua residência quando um visitante inesperado chegou andando. Sem falar muito, esse homem sacou uma arma de fogo e disparou cinco vezes contra “Naldo”, matando-o na hora.

Os disparos de arma de fogo atingiram o rosto e peito do trabalhador. Depois de concluir o ataque e ter certeza de que seu alvo não sobreviveria, o assassino fugiu do local correndo.

Familiares de “Naldo” vieram socorrê-lo, porém já era tarde demais e o pintor morreu no chão da viela pequena, para desespero de familiares e amigos.

A PM foi acionada, chegou ao local e logo isolou área de crime para a chegada das demais autoridades. Uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves foi ao local para fazer a remoção do corpo e a Divisão de Homicídios da Polícia Civil conduzirá as investigações sobre o assassinato de Francisco Silva. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!