Marabá
22°C
Scattered clouds

Pastor da profecia de 30 de março diz que foi enganado

O autor da profecia também explica que muitas declarações compartilhadas nas redes sociais não foram feitas por ele | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Uma suposta profecia com o alerta para a morte de muitas pessoas na noite desta terça-feira (30) deu o que falar nas redes sociais. O autor da profecia, pastor Ezequias Silva, pediu para que as pessoas não saíssem de casa por nada, pois o mesmo viu o “espírito da morte” andando pelas ruas.

As redes sociais ficaram movimentadas após as declarações do religioso, que não esperava toda a repercussão que teve.

“Nossa, eu não sabia que ia fazer uma revolução dessa, gente, nas plataformas. Não sabia que ia tirar os teóricos da cadeira, os ‘sabidões’, como diz, que ia ficar no lugar de Deus”, afirma o pastor em um vídeo compartilhado em uma rede social.

O religioso ressaltou que as pessoas distorceram os vídeos e as falas dele. “Quando Deus fala que é pra ungir as portas das casas é para o mal não entrar na sua casa. E quando Deus fala do dia 30 era pra você ficar na sua casa e ungir a sua casa, porque eu vi o espírito da morte na rua, pessoas morrendo, pessoas morrendo nos mercados. Não há nada o que tá fazendo de madrugada, a não ser pra trabalhar, que Deus dá o livramento”, declara Ezequias.

Além disso, ele explica que muitas declarações compartilhadas nas redes sociais não foram feitas por ele. “Vídeo não fala data que vai morrer governador, que nem estão falando aí, no dia 5 de abril. Não ponham palavras na minha boca. No vídeo não fala de padaria, que o povo vai morrer dentro das padarias. Não ponham palavras na minha boca. Estão distorcendo os vídeos”, ressaltou.

Por fim, ele afirmou que não falará mais sobre as declarações. “Não vou dar entrevista pra ninguém, não devo nada pra ninguém, vocês não são Deus. Vocês não são donos da bíblia, vocês não são donos do Apocalipse. Vocês são um bando de burros”, disse o religioso.

“Que pavor é esse? Se você tem o espírito de Deus, você não teme. Parem com isso, gente. Eu só entreguei o que Deus manda”, finaliza Ezequias. (DOL)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!