Marabá
24°C
Scattered clouds

Parauapebas: Suspeita de participação em morte de bebê de um mês é filha de Marabá

Anna Terra é suspeita de participação na morte de bebê
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A jovem, Anna Terra Valadares Cunha, presa desde o dia 29/6/2020, em Parauapebas, suspeita de participação na morte de um bebê, de um mês, filho de sua companheira, Glenda Sousa Nunes, durante uma briga de casal, é filha de Marabá. A morte da criança repercutiu bastante em Marabá e Parauapebas.

Anna Terra estudou vários anos na Escola Anísio Teixeira e morava no bairro Cidade Nova. A divulgação da prisão da filha da ‘Terra de Francisco Coelho’ e as circunstâncias da morte do menino deixaram os amigos de Anna estupefatos. “Na época, ela era uma menina doce e inteligente”, comentaram alguns professores.

Foto: Redes sociais

De acordo com a polícia, Glenda Nunes afirmou que dormiu com os três filhos e, pela manhã, ela percebeu que a criança estava sem vida. No entanto, o bebê apresentava hematomas e fratura em um dos pés. A Polícia Civil está investigando o caso, pois encontrou a cena do crime alterada e com indícios de ocultação de prova. As duas suspeitas seguem presas.

Ao Portal Debate Carajás, colegas de infância de Anna Terra confidenciaram que estão muito tristes com a acusação. “Se ela for culpada, tem que pagar pelo crime, mas se for inocente, a lei tem que ser cumprida”, argumentaram. A suspeita é bastante conhecida no complexo Cidade Nova.

Foto: Redes sociais

Nos bastidores, amigos da família afirmam que a suspeita já se encontra custodiada no Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama), porém a Redação não conseguiu confirmar essa informação. O Debate Carajás não conseguiu contato com o advogado de Anna Terra.

Debate Carajás 

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!