Dados do Imazon mostram crescimento de mais de 300% no desmatamento da Amazônia — Foto: Divulgação/ Imazon

O Pará registrou cerca de 60% dos pontos de desmatamento na Amazônia durante o mês de outubro de 2019, de acordo com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Segundo dados divulgados pelo instituto nesta terça-feira (3), mais de 342 km² de floresta foram destruídos no estado, o que representa um aumento de 283% em relação ao mesmo período do ano passado.

As áreas que mais sofreram destruição encontram-se principalmente no nordeste do estado, na região da Terra do Meio, e no oeste com concentração de alertas na região da Calha Norte.

Além do Pará, outros estados também registraram aumento de florestas destruídas. O estado do mato Grosso concentra o segundo maior número de alertas (14%), seguido por Rondônia (10%), Amazonas (8%), Acre (6%), Roraima (2%) e Acre (1%).

Ainda de acordo com a pesquisa, o desmatamento na Amazônia Legal somou 583km² em outubro deste ano. Já em outubro de 2018 o desmatamento florestal totalizou 187 km², um aumento de 212%.

G1 Pará