O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) divulgou
o balanço da Operação
Boas Festas
. Durante seis dias, foram registrados 17 acidentes na
Rodovia BR-316 e nos municípios que receberam a fiscalização das equipes do
órgão de trânsito. Nenhum acidente resultou em morte, somente escoriações.

Os números revelam que houve diminuição
significativa no registro de acidentes graves, feridos e prisão por alcoolemia
com relação ao feriado de Finados. A ação foi coordenada pela Secretaria de
Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e contou com o trabalho de
150 agentes de fiscalização de trânsito e 44 agentes de educação. A operação
foi desencadeada entre os dias 27 de dezembro e 1° de Janeiro de 2019.

“Os agentes estiveram nas vias com o apoio dos
demais órgãos do Sistema de Segurança Pública e Defesa Social para fazer
cumprir a legislação de trânsito, e assim garantir a segurança do cidadão, para
que ele pudesse aproveitar as festas e retornasse para casa com segurança”,
destacou Walmero Costa, diretor técnico operacional do Detran. 
As ações foram realizadas nos principais
balneários do Pará e distritos da capital, como Salinópolis, Mosqueiro,
Bragança, Marudá e Abaetetuba.
Imprudência
Dos acidentes, o mais grave ocorreu na BR-316,
com o capotamento de um veículo. Ainda na BR-316, três ciclistas foram
atropelados; os condutores trafegavam pelo acostamento.

Com relação ao crime de alcoolemia, a maior
quantidade de pessoas presas durante a Operação Boas Festas foi no município de
Salinópolis, nordeste paraense. Seis pessoa foram apresentadas na Delegacia de
Polícia devido a capacidade psicomotora alterada em função do estado de
embriaguez. Ainda em Salinópolis, 40 pessoas foram notificadas por conduzir sob
efeito de álcool. Já na BR-316 foram feitos três registros de prisões pelo
mesmo tipo de crime.
Fonte: Agência Pará