Marabá
32°C
Clear sky

Operação ‘Modo Avião’ não encontra celulares em presídios do Pará

Durante oito dias de buscas e inspeções, nenhum aparelho celular foi encontrado nas casas penais.
Crédito: Marcelo Seabra / Agência Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A “Operação Modo Avião” foi iniciada pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão da execução penal vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Diretoria de Inteligência Penitenciária. Tendo como objetivo, impedir o uso de aparelhos celulares nas unidades prisionais de todo o estado do País.

No Pará, foi feita a “Operação Modo Avião”, durante oito dias, no mês de agosto e setembro de 2021, em unidades prisionais sigilosamente escolhidas, que mobilizou profissionais do Depen e da Seap, da área de inteligência e segurança, especializados nesse tipo de trabalho. O resultado foi um sucesso, pois nenhum objeto ilegal e aparelho celular foi encontrado nas penitenciárias do Estado.

A “Operação Modo Avião” é fornecida a todos os Estados e ao Distrito Federal (DF), pela Depen, em parceria com as Secretarias Estaduais de Administração Prisional. Até agora, 173 penitenciárias de 14 Unidades da Federação já foram indicadas para a operação. A ação é parte de um pacote complexo de medidas do Depen para utilização do sistema prisional como ferramenta de combate ao crime organizado. (Ingrid Sales – Estagiária)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!