Marabá
24°C
Few clouds

Operação contra tráfico de drogas cumpre 21 mandados no interior do Pará

A operação de combate ao tráfico de drogas contou com a participação de 30 policiais, entre civis e militares
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Polícia Civil do Pará, por meio da Superintendência Regional do Marajó Ocidental, deflagrou na manhã desta quinta-feira (7), a operação “Bagre Segura”, para dar cumprimento a 15 mandados de busca e apreensão, além de quatro mandados de prisão cautelares e dois de busca e apreensão de adolescentes. A operação de combate ao tráfico de drogas contou com a participação de 30 policiais, entre civis e militares.

Durante a ação policial foram cumpridos um mandado de prisão temporária e de busca e apreensão pelo crime de estupro de vulnerável, além de um mandado de prisão preventiva pelo crime de incêndio. Um homem também foi preso em flagrante sob posse de certa quantidade de entorpecente. Os aparelhos celulares de todos os alvos abordados foram apreendidos e serão analisados com o objetivo de dar continuidade às investigações sobre o crime de tráfico de drogas no município de Bagre.

Durante o cumprimento dos mandados, dois homens reagiram à abordagem policial, efetuando disparos de arma de fogo contra os agentes. Em uma tentativa de neutralizar a agressão, os policiais reagiram e entraram em confronto com os dois homens. Ambos foram atingidos e socorridos, mas acabaram morrendo.

No local do confronto foram apreendidas duas armas de fogo caseiras, calibre 36 e 38, e uma espingarda de cano longo, calibre 36.

A delegada Vanessa Macedo, da Superintendência Regional do Marajó, comentou sobre a operação.

“O objetivo foi o combate ao tráfico de drogas no município, pois verificou-se que os criminosos que promovem o tráfico na cidade estavam tentando se organizar para aumentar o domínio no município. A Polícia Civil, por meio de trabalho investigativo, conseguiu identificar os envolvidos e, assim, desarticular e prender os principais envolvidos”.

A Polícia Civil segue com as investigações para cumprir os demais mandados de prisão. (Com Polícia Civil do Pará)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!