Operação apreende armas, dinheiro e celulares de policiais no Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Policiais civis e outras pessoas investigadas por associação com crimes foram alvo de uma operação realizada de forma conjunta pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), unidade do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), e da Divisão de Crimes Funcionais (Dcrif) da Polícia Civil nesta terça-feira (17). Ao todo, foram cumpridos 27 mandados de busca e apreensão, na Região Metropolitana de Belém.

Os investigados são suspeitos de integrar uma organização criminosa envolvida nos crimes de tráfico de drogas e prática de extorsão. Os mandados foram cumpridos durante as ações da Operação denominada “Rio Onde Chove”, que teve o apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) da Polícia Civil.

Durante a operação, foram apreendidas duas armas de fogo, 19 mil reais em espécie, telefones celulares e computadores. Os alvos da operação foram investigadores, escrivães e motoristas da Polícia Civil, e outras pessoas que não fazem parte da Instituição Policial.

No total, são investigados nove suspeitos que atuam em diversas unidades policiais da Grande Belém Todo material apreendido passará por perícia e será utilizado como subsídio para as investigações sobre a atuação da suposta organização criminosa. 

O Liberal

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!