Marabá
24°C
Scattered clouds

Operação apreende 10 toneladas de pirarucu no Pará

ICMBio apreende 10 toneladas de pirarucu salgado comercializado no período de defeso, em Porto de Moz — Foto: Divulgação/ICMbio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Uma operação de fiscalização ambiental do Instituto Chico Mendes (ICMBio) apreendeu 10 toneladas de pirarucu salgado que era comercializado ilegalmente na última sexta-feira (26), na divisa dos municípios de Prainha e Porto de Moz, no sudoeste do Pará.

A operação Águas Claras começou no dia 22 de fevereiro com o objetivo de coibir a pesca ilegal nos principais rios e lagos das Reservas Extrativistas Renascer e Verde para Sempre.

O flagrante ocorreu durante uma abordagem a dois barcos geleiras. Um deles saiu de Igarapé-Miri e transportava as 10 toneladas de pirarucu salgado; a segunda embarcação saiu de Almeirim e transportava 436 kg de tambaquis, curimatãs, pacus, surubins, aracus, um tracajá, além de 160 kg de carne de capivara e 135 kg de carne de jacaré.

Os infratores flagrados foram autuados, multados em um valor de mais de R$ 300 mil e tiveram todo o produto apreendido. A carga que estava própria para consumo foi doada para comunidades ribeirinhas da reserva e para a Prefeitura Municipal de Porto de Moz. (G1 Pará)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!