No final
da tarde de ontem (16), uma Senhora, conhecida como Lilian Mendes, 42 anos, foi colhida violentamente
por um táxi, ainda não identificado, na cidade de Parauapebas, sudeste do Pará.
A vítima estava atravessando a rua e não teria visto o veículo, se deslocando
em alta velocidade. A colisão foi tão forte que a mulher foi jogada por cima do
carro, caiu “de cabeça” no chão, sofrendo várias fraturas pelo corpo. Ela ainda foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimento e morreu durante o socorro médico.
 

Momento do atropelamento de Lilian pelo táxi
O acidente aconteceu em frente ao Bar do Pipoco, na Avenida Buritis, bairro
Cidade Jardim. De acordo com as pessoas que presenciaram o atropelamento, o taxista
não prestou socorro à vítima e fugiu em alta velocidade.
Uma equipe do Serviço Atendimento Médico de Urgência (SAMU) esteve no local, prestando os primeiros atendimentos, mas Lilian Mendes não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na UPA de Parauapebas. Ela era casada e deixou três filhos. A Polícia Civil vai abrir um inquérito policial para apurar as possíveis causas do acidente e interrogar o motorista, para averiguar seu grau de culpabilidade.