Marabá
25°C
Clear sky

Motorista é executado e tem carro jogado em ribanceira no interior do Pará

“Niltinho” foi assassinado com uma facada no pescoço, na madrugada de domingo (19), Rodovia Transgarimpeira, próximo ao Distrito Moraes Almeida, na zona rural de Itaituba.
Crédito: Reprodução

ITAITUBA, OESTE DO PARÁ – Na tarde desta terça-feira (21), um homem, identificado como Nilton da Silva Nascimento, conhecido como “Niltinho”, 49 anos, foi encontrado morto dentro de seu próprio veículo, em uma ribanceira, ao lado da Rodovia Transgarimpeira, próximo ao Distrito Moraes Almeida, na zona rural de Itaituba.

Segundo informações da Polícia Militar, uma guarnição se deslocou para o Garimpo de Rio Novo para continuar as buscas a Nilton Nascimento, que havia desaparecido na madrugada de domingo (19), depois de um desentendimento com dois de seus funcionários, identificados como “Marcos” e “Neguinho”, no interior do próprio carro da vítima.

De acordo com a polícia, no carro da vítima estava uma jovem, identificada como Vitória Maria Araújo da Silva, 23 anos, que trabalhava em uma boate, no Garimpo Vila Nova. A mulher relatou aos policiais que, na hora da briga, viu quando a vítima deu uma garrafada na cabeça de um dos seus funcionários, que revidou desferindo uma facada no pescoço do patrão.

Segundo a garota, ‘Niltinho foi colocado no banco traseiro do veículo. Um dos suspeitos dirigiu o automóvel ao Garimpo Vila Nova, onde deixou a mulher e tomou rumo ignorado. O filho da vítima informou que os dois suspeitos trabalhavam em uma empreitada em uma fazenda da  vítima.

A dupla realizava um serviço de construção, relatando ainda que Vitoria Silva contou que os quatro estariam ingerindo bebida alcóolica antes da briga. A mulher foi no Garimpo Vila Nova e os homens falaram que iriam se desfazer do corpo da vítima.

Depois disso, os suspeitos não foram mais encontrados, o filho da vítima ainda falou que possivelmente os homens levaram uma corrente de ouro e valores que estavam na carteira de seu pai. Depois de descartar o corpo de Nilton Nascimento, “Marcos” e “Neguinho” ainda teriam ido ao local onde trabalhavam e pegaram seus pertences, fugindo para local não identificado. Como os homens são de Novo Progresso (PA), o filho de “Niltinho” acredita que eles tenham fugido para a cidade no extremo oeste do Pará.

A vítima foi encontrada pelos próprios familiares, só dois dias depois da briga. Correspondendo com o relato de Vitória Silva, o homem estava com uma perfuração na altura do pescoço, fato que foi comunicado na 19ª Seccional de Polícia Civil de Itaituba, onde o delegado de plantão autorizou que o corpo de Nilton Silva fosse removido pelos familiares.

Durante o resgate, o carro foi retirado da ribanceira e a família fez o translado da vítima até o Instituto Médico Legal (IML), onde o corpo de “Niltinho” chegou por volta de 6h da manhã desta quarta-feira (22), para que as medidas cabíveis sejam tomadas. (Portal Debate, Com Giro Portal)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!