Ao ouvir algumas “fontes”,
na Vila Sororó, existe a possibilidade da execução de Lucas Silva Costa, 24 anos, com vários disparos de
arma de fogo e Raimundo Batista Costa,  com três tiros na cabeça, ocorrido no final da
tarde do dia 27/12/2018, no Km 35 da BR-155, no Assentamento Cosipar, próximo à
entrada da Vila Sororó, zona rural de Marabá, sudeste do Pará, ser um “desdobramento”
do assassinato de Juscelino da Conceição de Sousa, também conhecido como “Neguinho
do Porco”
,ocorrido, no final da tarde
do dia 22/12/2018, na região da Rodoviarinha, entre a Vila Sororó e a cidade de
São Domingos do Araguaia, zona rural de Marabá. 
Os populares afirmaram que “Neguinho do Porco” e seu “comparsa”
teriam sido assassinados, na verdade, por moradores e não em um confronto com uma guarnição da
Polícia Militar, conforme havia sido noticiado, na época da morte dos  criminosos. Os dois teriam sido dominados e
executados quando estavam atacando os agricultores para roubar motos nas
estradas vicinais da região. Como vingança, pessoas ligadas a “Neguinho do
Porco” estariam “honrando a morte” dele. “Nos bastidores”, existe a conversa de
que a execução de Lucas Costa e Raimundo Costa seria as primeiras de uma lista
de pessoas marcadas para morrer devido ao possível envolvimento no assassinato
dos assaltantes. O medo está rondando a Região da Vila Sororó.