"Renatão" morreu vítima de AVC em Marabá.

Vítima de um acidente vascular cerebral ocorrido na quarta-feira (31), morreu, na manhã deste domingo (4), o mecânico de bicicleta Renatão, de 68 anos, um dos desportistas mais conhecidos em Marabá na década de 1980, atuando como sócio do clube Sociedade Esportiva Amapaense, situada na Praça São Francisco, núcleo Cidade Nova.

Durante décadas, Renato trabalhou consertando bicicletas na rua São Francisco, e acompanhou por vários anos o time da “Sociedade” em partidas disputadas no Estádio Zinho Oliveira e em outros campos da cidade. De perfil calmo, “Renatão” gozava da amizade dos desportistas da época. Ele ainda conseguiu acompanhar seu time do coração sagrar-se campeão, na década de 90, do Campeonato Marabaense de Futebol.

Com a velhice, “Renatão” mudou-se para a região conhecida como “Carrapato”, onde cuidava de uma pequena chácara, às margens do rio Tocantins. De acordo com amigos, ele teve morte cerebral no mesmo dia em que sofreu o AVC, mas só teve a confirmação do óbito através de exame específico no Hospital Regional de Marabá na manhã de hoje.