Menino diz que veio de Marte e está na Terra para salvar o mundo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Boris Kipriyanovich é um menino que, à primeira vista, se parece com qualquer outro garoto de oito anos, mas quem o conhece melhor sabe que ele é ‘genial’ e, no mínimo, misterioso. É que Boris alega que veio de Marte e chega a fazer relatos astronômicos que impressionam a todos; ele até chegou a contar alguns ‘segredos’ sobre a vida fora da Terra e tem feito previsões surpreendentes. As informações são do Diário da Amazônia.

Quem conhece o menino há mais tempo diz que ele sempre demonstrou ser especial e chamava a atenção de todos. Hoje, com mais de 22 anos, ele continua comentando sobre o assunto e pede para que ninguém esqueça as mensagens que deixou ao longo de sua vida, mas não revela se continuará falando que é de outro planeta.

A médica Nadezhda Kipriyanovich, mãe do menino, contou que o parto de seu filho foi realizado em 1996 e que foi muito rápido, algo que ela nunca tinha visto e que estranhou o fato de não sentir nenhuma dor. Nadezhda contou ainda que o filho começou a falar quando tinha apenas quatro meses e, ao completar dois anos, já sabia ler e apresentava uma inteligência precoce que surpreendia todos os professores.

Ainda bem novo, ele já sabia o nome de todos os planetas do sistema solar, bem como os dos satélites naturais, e ainda nomeou raças que, segundo a criança, habitavam planetas distantes. Mas foi aos sete anos, quando estava em um acampamento com os pais e amigos, que Boris disse ser de Marte e que sua missão aqui era salvar a Terra.

O menino, na época, contou detalhes de como era a vida em Marte, onde a tecnologia seria muito mais avançada que a nossa e que lá os marcianos param de envelhecer quando completam 30 anos. Boris explicou que o oxigênio da Terra faz as pessoas envelhecerem e isto tem uma explicação científica.

O garoto contou que grupos em Marte entraram em guerra e se destruíram, sendo que a Terra está indo neste mesmo caminho, algo que ninguém duvida, pois o risco de uma guerra nuclear é sempre uma ameaça à vida humana.

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!