Marabá
27°C
Overcast clouds

Médico recém-formado é assassinado a tiros por policial durante festa

Jovem havia se formado em medicina há menos de um mês
O jovem médico Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O jovem médico recém-formado Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, foi assassinado a tiros na madrugada desta segunda-feira (26) durante uma festa ocorrida em Imperatriz, no sudoeste do Maranhão. O crime gerou revolta na cidade. Assista ao vídeo no fim desta matéria.

O homicídio foi praticado por um soldado da Polícia Militar, que teria atirado à queima-roupa no peito do jovem médico. O militar foi identificado como Adonias Sadda, mas está foragido.

De acordo com informações repassadas à polícia por testemunhas, o crime aconteceu por volta das 3h30, quando Bruno estava em uma festa que acontecia em uma boate na Avenida Beira-Rio. O jovem estava se divertindo com amigos quando foi surpreendido, repentinamente, pelo policial, que também participava da festa e havia se envolvido em uma confusão com outra pessoa.

O assassinato foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento. As imagens mostram que Bruno estava sentado quando o policial chegou e atirou.

Bruno havia se formado há menos de um mês em uma instituição de Porto Nacional, no Tocantins. Era, segundo amigos e familiares, um jovem alegre que gostava de viajar.

A Delegacia de Homicídios de Imperatriz está investigando o caso. (Portal Debate Carajás, com informações de G1 e AFNotícias)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!