Marabá
26°C
Overcast clouds

Médica é encontrada morta dentro de hospital no Pará

A profissional foi encontrada sem vida no conforto médico da unidade de saúde
A médica Aline Rejanne Michiko da Conceição Yamada, de 44 anos | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A médica Aline Rejanne Michiko da Conceição Yamada, de 44 anos, foi encontrada morta no conforto médico do Hospital das Clínicas em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, na madrugada de segunda-feira (13).

Conforme um funcionário da unidade de saúde, a médica estava de plantão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital quando tudo aconteceu.

Ainda segundo o funcionário, durante a madrugada, a intensivista havia sumido do plantão e, ao ser procurada pelos funcionários, foi já encontrada sem vida no conforto médico do hospital. Não há informações sobre a causa da morte.

A profissional havia assumido recentemente a gerência de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marituba.

Uma equipe do Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” (CPCRC) foi acionada para a remoção do corpo, que foi liberado para os familiares durante a manhã. O caso está sendo investigado pelas autoridades.

Nota de pesar

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Pará (CRM-PA) emitiu nota de pesar pelo falecimento da médica.

“É com grande pesar que o Conselho Regional de Medicina do Estado do Pará comunica o falecimento da médica Aline Rejanne Michiko da Conceição Yamada ocorrido nesta segunda, dia 13/09/2021, em Ananindeua (PA).

O CRM-PA presta solidariedade aos familiares, amigos e pacientes da Dra. Aline por esta perda irreparável e rogamos para que Deus possa confortá-los nesse momento de dor.”

(Portal Debate Carajás, com informações de DOL)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!