“Matei sem querer”, diz namorado que executou companheira no interior do Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Ana Paula Nascimento foi executada, no início da madrugada de ontem (12), com um tiro na cabeça, disparado pelo próprio namorado, Wellington José Teixeira da Silva. O crime aconteceu no bairro Pioneiro, na travessa João Salvaterra, em Barcarena, nordeste paraense.

A polícia afirma que o namorado da vítima, ao ser questionado, alterou duas vezes a versão dos fatos. Inicialmente ele disse que saiu para comprar pizza e quando retornou encontrou o corpo da vítima. Depois, disse que um homem teria chegado no portão da casa e anunciado um assalto, disparando em Ana Paula.

Diligências

A equipe policial de Vila dos Cabanos conduziu Wellington Silva até ao Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves para a realização de exame residuográfico de pólvora, que apontou para resultado positivo.

Depois, o celular da vítima foi entregue pela família, quando foram encontradas várias fotografias e vídeos do suspeito apontando uma arma de fogo, aparentemente um revólver calibre 38, para o rosto da vítima.

Após inúmeras diligências, Wellington Silva confessou o crime e informou o local onde teria jogado fora a arma de fogo e as munições, mas apenas duas de calibre 38 foram encontradas. Por fim, o acusado resumiu o crime a um “foi sem querer”.

DOL

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!