Marabá
25°C
Overcast clouds

Marido mata jovem esposa com tiro de ‘por fora’ no sudeste do Pará

O corpo da jovem Gessica Caroline estava no cômodo de uma residência cercado de muito sangue | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Polícia Civil em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, investiga a morte da jovem Gessica Caroline Bandeira Silva, de apenas 20 anos. Ela morreu na tarde de sábado (1º) após ser atingida com um projétil deflagrado por uma espingarda “por fora” que o próprio marido, João Paulo Lopes Valandro, 21 anos, disparou acidentalmente, segundo informações de testemunhas.

Era por volta das 15 horas, quando Edmilson Rodrigues Silva compareceu à Delegacia de Polícia Civil em Canaã. Para os Civis, ele relatou ser proprietário da Chácara Sempre Verde, localizada próximo a Agrovila, na zona rural. Os dois jovens – João Paulo e Gessica Caroline – estariam no local com a intenção de se divertirem no feriado do Dia do Trabalhador.

O empresário afirmou que em dado momento, João Paulo estaria manuseando a espingarda “por fora” quando a disparou acidentalmente e o projétil acertou em cheio a cabeça da esposa. Edmilson Rodrigues afirmou à polícia que o jovem correu desesperado pela propriedade e pedia que “tirassem a vida dele, pois ele havia acabado de matar a esposa”.

Diante da informação, os investigadores se deslocaram até a chácara e não encontraram João Paulo. O corpo da jovem Gessica estava em um cômodo da residência cercado de muito sangue. Os policiais constataram que o tiro atingiu o lado esquerdo da cabeça. Eles também apreenderam a espingarda que estava ao chão de outro cômodo do imóvel.

O crime segue sendo investigado pela PC. A Civil quer saber se João disparou de propósito, ou se de fato o acidente ocorreu. (Papo Carajás)

Espingarda “por fora” foi apreendida pela polícia

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!