Marabá: presidente da Câmara Municipal cobra sinalização eletrônica de trecho duplicado da BR-230

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
"Pedrinho" cobrou a instalação de sinalização eletrônica na BR-230

O presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Pedro Corrêa, o Pedrinho, cobrou a sinalização eletrônica, através do conhecido ‘pardal’, na BR-230, no trecho duplicado, localizado no perímetro urbano da cidade, devido ao alto índice de acidentes provocados por atropelamentos, colisões e capotamentos, quase sempre com vítimas fatais, decorrentes da falta de limitadores de velocidade.

“O povo não suporta mais a quantidade absurda de acidentes em Marabá”, cobra “Pedrinho”. O vereador exigiu do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) uma ação imediata para instalação de “lombadas eletrônicas”, no trecho entre o Km 6 ao Aeroporto de Marabá, pois a Prefeitura de Marabá instalou os semáforos, mas sem a fiscalização eletrônica não se consegue diminuir o número de acidentes e óbitos.

O presidente da Câmara Municipal pediu, à Comissão de Desenvolvimento Urbano, Obras, Serviços Públicos e Transporte, a convocação, em caráter de urgência, de uma reunião com O DNIT, DMTU, Ministério Público Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF), para se discutir a adoção de medidas urgentes para se diminuir o número de óbitos em Marabá.

O vereador Pedro Correa observou ainda que o trecho entre o Km 6 e o bairro Cidade Jardim, sentido a cidade de São Domingos do Araguaia (PA), necessita ser duplicado, com urgência, pois a cidade cresceu, houve um aumento do número de moradores e quantidade de veículos, elevando sobremaneira a quantidade de acidentes neste perímetro urbano, fazendo-se necessária a sinalização eletrônica na BR-230, em Marabá.

Redação

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!