Alexandre Silva é acusado de matar o próprio pai a facadas

O parricida Alexandre da Silva Jorge, 20 anos, acusado de matar o próprio pai, Valdecir Pereira Jorge, 35 anos, conhecido como “Baixinho”, após aplicar vários golpes de arma branca para roubar uma moto, na tarde de 2/5/2019, por volta de 16 horas, em Marabá, em um local conhecido como “Balneário da Mocinha”, núcleo Cidade Nova, continua preso na cidade de Medicilândia, sudoeste do Pará.

“Baixinho” foi morto com vários golpes de faca

Após tirar a vida do pai, Alexandre Silva fugiu pela BR-230, rumo a cidade de Itaituba (PA), abandonou a moto na estrada, mas no dia 3/5/2019, por volta de 20 horas, ele foi reconhecido e denunciado para a polícia, em Medicilândia, onde foi preso já no interior do ônibus, fugindo para Itaituba. Antes, o fugitivo foi visto passando pelo Km 112, próximo a cidade de Novo Repartimento.

Devido a crueldade feita contra “Baixinho”, o suspeito foi acompanhado pelas redes sociais. Onde ia passando, as informações eram postadas nos aplicativos. Após ser detido, o acusado foi apresentado na delegacia de Polícia Civil, onde permaneceu custodiado, à disposição da justiça. Nos próximos meses, Alexandre Silva será recambiado para Marabá para julgamento.