Marabá
25°C
Clear sky

Mãe de seis filhos mata marido com facada no coração em Marabá

Para se defender de Manoel Silva, Fernanda Costa aplica facada certeira
Fernanda Costa supostamente apanhava do marido, que seria violento | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

No início da noite de domingo (4), às 19 horas, a Polícia Militar prendeu Fernanda Barreto da Costa, suspeita de matar o marido, Manoel Araújo da Silva, de 48 anos, com um golpe de faca à altura do coração, por volta de 18h35, de sábado (3), na Rua Paraíso, Vila Sororó, na zona rural de Marabá, no sudeste do Pará, durante mais uma sessão de violência doméstica.

O Portal Debate Carajás conversou com familiares de Fernanda Costa a respeito das circunstâncias do homicídio do marido dela. De acordo com os parentes, Manoel Silva sempre espancou a esposa, ao longo de 4 anos em que eles viveram juntos. Ela tem seis filhos, na faixa etária de 3 a 15 anos, mas somente o mais novo seria filho do companheiro morto.

O casal teria começado a discutir ainda durante a madrugada. Segundo testemunhas, os dois estariam se divertindo em casa, a vítima fatal teria começado a bater na mulher, ela armou-se de uma faca para se defender e teria atingido um dedo da mão do agressor, entretanto ele teria continuado a bater na esposa com socos e pontapés.

O homem, sob efeito de bebida alcoólica, teria ficado furioso e aplicou um golpe, conhecido como “mata leão”, em Fernanda Costa. A mãe de seis filhos armou-se de uma faca e aplicou um único golpe no coração do esposo violento. Manoel foi conduzido para o Hospital Municipal de Marabá (HMM), com vida, porém, durante a manhã deste domingo (4), ele não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Fernanda não fugiu do local do crime ao tomar ciência do falecimento do marido. Ela aguardou a chegada da PM do 16° PPD da Vila Sororó a sua casa, onde recebeu voz de prisão. A mãe das crianças foi apresentada na 21ª Seccional Urbana, onde foi autuada, em flagrante delito, pelos crimes previstos no Art. 121 e Art. 14 do Código Penal Brasileiro. A Reportagem não conseguiu contato com a família de Manoel Silva.

Uma audiência de custódia foi marcada para ás 14 horas desta segunda-feira (5), pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Marabá, onde Fernanda Costa será ouvida em juízo. A advogada dela espera que seja decretada a soltura de Fernanda porque ela agiu em legítima defesa e ainda cria os seis filhos. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!