Marabá
24°C
Scattered clouds

‘Linha de frente’: Médica de São Domingos do Araguaia morre em São Paulo vítima de Covid-19

Fé: Elizângela Santos sempre frequentou a Igreja Católica
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A médica, Elizângela dos Santos Ferreira, de 42 anos, natural de São Domingos do Araguaia, no sudeste do Pará, faleceu durante a quarta-feira (23/9/202), em São Paulo, vítima de Covid-19. Há três anos, a vítima trabalhava na capital paulista, atuava na linha de frente no combate ao coronavírus, mas contraiu a doença e foi a óbito.

Elizângela Ferreira alimentava o sonho de ser médica desde criança. No início da caminhada, ele se formou em enfermagem na cidade de São Luís, capital do estado do Maranhã, porém não chegou a exercer a profissão porque sonhava em ser médica. No ano de 2010, ela arrumou ‘as malas’ e foi estudar medicina na Bolívia, onde se formou.

Ao retornar ao Brasil, Elizângela foi para a cidade de São Paulo, cursou o ‘revalida’, tornou-se médica no Brasil, casou com um médico e começou a trabalhar, exercendo, há três anos, a profissão que mais sonhou e lutou na vida, a medicina. Filha de Valdemar Alves Ferreira e Iracema Lourdes dos Santos Ferreira, casal muito conhecido em São Domingos, a morte da médica causou grande comoção na cidade.

De acordo com amigos da família, o corpo está sendo trasladado via terrestre com previsão de chegada à cidade natal de Elizângela Santos durante a manhã de sábado (26). O desejo dela sempre foi de ser sepultada em São Domingos do Araguaia. A vítima da maldita Covid-19 deixou o esposo e um filho.

Instrumentos de trabalho da Drª Elizângela Ferreira

Fonte: Portal Debate Carajás

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!