Marabá
35°C
Clear sky

Líder de facção morre em confronto com a polícia no Pará

O criminoso estaria envolvido em ataques contra integrantes de segurança pública no estado
Foto: Portal Debate

Na manhã desta quarta-feira (18), uma ação repressiva contra a criminalidade, feita por equipes das Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (ROTAM) realizou incursão  no município de Magalhães Barata, no nordeste do Pará, onde estaria homiziado um perigoso integrante de uma facção criminosa, que estaria ligada aos atentados contra agentes de segurança pública no estado. O criminoso, identificado como Ronaldo Lobo Correa, vulgo “Fiel”, foi localizado na Vila de Cafezal e tentou atirar nos agentes com um fuzil e acabou morto.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito era foragido da Justiça e possuía diversos antecedentes criminais como homicídio, tráfico de drogas e associação criminosa. A PM detalha que foi recebida informação precisa que “Fiel” estava escondido na Vila de Cafezal.

De posse da informação, foi montada a operação e as equipes diligenciaram até o local. Após encontrarem o esconderijo do criminoso foi feito o cerco, para evitar que fugisse.  Encurralado, ele, de posse de um fuzil 762, apontou o armamento para os policiais, que de imediato atiraram para conter a iminente agressão. Ronaldo foi socorrido pelos policiais, mas veio a óbito. Com “Fiel” foi apreendido o fuzil e uma identidade com indícios de falsificação.

Segundo a PM, as operações seguem em todo o estado, para identificar e prender os responsáveis pelos atentados que já tiraram a vida de sete agentes de segurança pública em menos de uma semana no Pará.  (Com informações do Native News Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!