Marabá
29°C
Clear sky

Lanterneiro é executado com tiros na cabeça e no pescoço em Jacundá

Vítima andava de moto no momento em que foi surpreendida pelo algoz
Multidão se aglomerou para ver o corpo da vítima | Foto: Reprodução/WhatsApp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

No fim da manhã desta segunda-feira (31), por volta das 11h30, Roberto Leles dos Santos, 52 anos, conhecido como “Beto Lanterneiro”, foi executado com diversos disparos de arma de fogo na cabeça e no pescoço enquanto trafegava de motocicleta pela Rua Getúlio Vargas, em Jacundá, no sudeste do Pará.

Segundo testemunhas, a vítima ainda tentou fugir do algoz, mas foi alcançada e morta. A autoria e a motivação do homicídio ainda não foram divulgadas. A Polícia Militar foi acionada para preservar o local do crime, e o corpo ficou exposto, em via pública, à espera de remoção.

Várias marcas de tiro podiam ser vistas na região da cabeça e pescoço de Beto Lanterneiro. Com os disparos, ele caiu com o rosto voltado para o asfalto da pista e imerso em uma poça de sangue. A delegacia de Polícia Civil de Jacundá deve abrir inquérito para investigar o caso. (Portal Debate Carajás)

“Beto” foi executado a tiros – Crédito: WhatsApp

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!