Marabá
37°C
Clear sky

Junta de Serviço Militar retoma cerimônia de juramento à bandeira em Parauapebas

O procedimento cívico, que foi suspenso em razão da pandemia, voltou a ser realizado, com solenidades às quintas e sextas-feiras
Foto: Divulgação

A 113ª Junta de Serviço Militar retomou as cerimônias de juramento à Bandeira Nacional, que foram suspensas em razão da pandemia. O ato solene para os jovens dispensados do serviço militar representa formalmente um compromisso com a Nação. As informações são da Ascom PMP.

Em Parauapebas, no sudeste do Pará, a solenidade que marcou a retomada das atividades aconteceu na manhã desta sexta-feira (5), na Praça do Cidadão, com a presença de diversas autoridades e a participação de representantes do 23º Grupamento Bombeiro Militar, da Polícia Militar e Banda de Música da Guarda Municipal.

O secretário de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, Denis Assunção, destacou a importância do juramento à bandeira. “Este momento de dispensa da obrigação militar significa também um compromisso, porque vocês podem ser chamados para representar o nosso país, caso seja preciso”, ressaltou o secretário.

Vinculada ao Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), a 113ª Junta do Serviço Militar teve as formalidades suspensas por conta da pandemia da Covid-19 e agora, após quase dois anos, as solenidades voltarão a ocorrer periodicamente, sendo às quintas-feiras na unidade da Feira do Produtor e, toda sexta-feira, no SAC do Rio Verde.

O atendimento da Junta de Serviço Militar é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, nas duas unidades do SAC.

Foto: Divulgação

Saiba mais

A solenidade de juramento à Bandeira Nacional está prevista no artigo 217 do Regulamento da Lei do Serviço Militar. No ato, o cidadão dispensado da prestação de Serviço Militar Inicial assume o compromisso de que se apresentará imediatamente em caso de uma convocação de emergência pelo Exército. (Portal Debate)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!