Marabá
24°C
Clear sky

Jovem marabaense está desaparecida há quase um mês em Mato Grosso

Daniella está desaparecida
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Daniella Moura e o marido Sandro Cedenir Rossini de Barros estão desaparecidos, desde 5 de abril de 2020. Os dois saíram da fazenda deles, localizada na cidade de Alto Boa Vista, no noroeste do estado de Mato Grosso, e nunca mais foram vistos. A jovem é de Marabá, no sudeste do Pará, e estudou na escola Plínio Pinheiro, bairro Velha Marabá .

Caminhonete do casal foi encontrada incendiada — Foto: Agência da Notícia

Dona Estela, mãe de Daniella, disse que a filha tinha um relacionamento conturbado com Sandro Barros. Eles estavam juntos há cerca de 4 anos, porém começaram a morar juntos há pouco mais de 1 ano. A mãe contou que falou pela última vez com a filha no dia 4 de abril pelo aplicativo de Whatsapp.

No dia 20/4/2020, A caminhonete do casal foi encontrada, incendiada, em uma estrada, em direção a São Félix do Araguaia (MT). Estela não tem notícia nenhuma da filha nem das investigações. Ela disse que procurou a polícia, mas não consegue ter acesso à casa onde garota morava com o marido e ainda sofre constantes ameaças.

Sandro Cedenir de Barros e Daniela Moura estão desaparecidos desde o dia 4 deste mês — Foto: Facebook/Reprodução

Um vizinho do casal fez um boletim de ocorrência, informando à Polícia Civil sobre o misterioso desaparecimento. Um funcionário de Sandro Rossini foi localizado pela polícia e informou que na segunda-feira (5), o patrão teria ficado de buscá-lo para trabalhar, mas não apareceu. Segundo a irmã do pecuarista, ele entrado no aplicativo Whatsapp às 4h19, de segunda-feira, 5 de abril.

Se alguém tiver informações sobre o paradeiro de Daniella, entrar em contato com a Polícia Judiciária Civil pelo 197 ou Polícia Militar pelo 190. Não é necessário se identificar.

Debate Carajás

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!