Jovem é preso após se passar por pastor para estuprar crianças

Polícia Civil do Mato Grosso do Sul / Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um jovem suspeito de se passar por pastor para estuprar vulneráveis foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul ontem (13). Elerson Carlos Mareco Wider, de 22 anos, foi encontrado por policiais na cidade de Chapadão do Sul, no interior do estado de Mato Grosso do Sul. 

Segundo a polícia, o rapaz já tinha antecedentes por estupro de vulnerável, lesão corporal e atentado violento ao pudor. Há, ainda, a suspeita de que ele faça parte de uma rede de pedofilia. O primeiro estupro da vida do rapaz teria sido cometido por ele ainda aos treze anos de idade. 

Dentre as cidades nas quais o rapaz teria trabalhado como ‘evangelizador’ e aproveitado para abusar das crianças estão Três Lagoas, Campo Grande, Dourados e Chapadão do Sul. O número de crianças vitimadas ainda não foi divulgado. Elerson Wider deve responder por estupro de vulnerável, crime com pena passível a até quinze anos de prisão.

iG

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!