Marabá
33°C
Overcast clouds

Assaltante perigoso é acusado de três homicídios em Marabá

Lucas Dias Portela, conhecido como “Luquinhas”, de 23 anos, seria um matador frio e perigoso | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Segundo o delegado Vinícius Cardoso das Neves, titular da 21 Seccional Urbana de Polícia Civil, em Marabá, no sudeste do Pará, o jovem Lucas Dias Portela, conhecido como “Luquinhas”, de 23 anos, preso na quarta-feira (28) após uma tentativa de assalto à residência de um bombeiro militar na Folha 28, Núcleo Nova Marabá, é um matador perigoso e frio.

Durante o assalto, ocorrido às 11h45, “Luquinhas” entrou em luta corporal com um morador da residência e só não executou o rapaz porque a arma estava travada e não disparou. De acordo com a PC, ele matou Ailton Nascimento Lopes, conhecido como “Faísca”, de 23 anos, e o bebê Kauã Ribeiro Nascimento, de 1 ano e 7 meses, em março de 2020, na Folha 25, Núcleo Nova Marabá.

O duplo homicídio seria uma vingança da morte de Rodrigo Luiz Pereira, em uma chácara, conhecida como “Fazendinha”, localizada atrás da Vila Militar Presidente Costa e Silva, na Folha 23, Núcleo Nova Marabá, no fim da tarde de 10 de março de 2020, como parte de uma disputa entre facções criminosas rivais.

O suspeito é indiciado também pela execução, a tiros, de Aleson Pereira Ribeiro, vulgo “Nonô”, no dia 30 de maio de 2019, nas proximidades da rotatória da Folha 16, Núcleo Nova Marabá. Conforme a Polícia Civil, Luquinhas é um elemento frio e muito perigoso. Ele está sendo investigado sob suspeita de assassinar diversas pessoas em Marabá.

O pistoleiro deverá passar longos anos atrás das grades, no Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama), caso consiga sobreviver à “lei dos presídios” e das facções criminosas. Vizinhos afirmam que o meliante entrou ainda adolescente para o mundo do crime e não pode conviver em sociedade, pois mata as pessoas por puro prazer. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!