Na tarde de ontem (23), Lucas da Silva dos Santos, 24 anos, foi encontrado, morto, por sua própria mãe, por volta de 11h15, em uma vila de quitinetes, onde ele morava, há poucos meses, situada na avenida Senador Lemos, entre a travessa São Sebastião e a avenida Doutor Freitas, no bairro da Sacramenta, em Belém. O corpo estava escondido embaixo da cama.

Existe a suspeita de que o rapaz tenha sido assassinado na noite do último domingo, enquanto dormia. Ontem, ao ser encontrado, o corpo já apresentava sinais de avançado estado de decomposição. O principal suspeito do homicídio é um primo de Lucas Santos, identificado como Igor Mangueto, desaparecido desde a ocorrência.

Uma equipe do Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves encontrou uma perfuração profunda no pescoço do rapaz, que praticamente o degolou. A polícia trabalha com a hipótese principal de que o rapaz tenha sido morto pelo primo, que já está sendo procurado, mas as investigações ainda estão em andamento. O caso foi registrado na Divisão de Homicídios da Polícia Civil, que dará continuidade às buscas pelo suspeito do assassinato. A família alega não saber o paradeiro do suspeito.