Marabá
33°C
Scattered clouds

Idoso atropelado em supermercado de Marabá tem dedos do pé amputados

Vítima fazia compras no Mix Atacarejo no momento em que foi atingido por uma máquina empilhadeira. Em nota, Grupo Mateus afirmou estar prestando total assistência ao idoso, desde os primeiros socorros
Raimundo Lima perdeu quatro dedos do pé direito | Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O idoso Raimundo Pereira Lima, de 76 anos, atropelado por uma máquina empilhadeira, na manhã deste sábado (9), perdeu quatro dedos do pé direito. Os médicos conseguiram reconstruir o membro inferior, mas tiveram que amputar o que sobrou dos dedos, em Marabá, no sudeste do Pará. Ele recebeu alta neste domingo (10).

A vítima fazia compras, no supermercado Mix Atacarejo, pertencente ao Grupo Mateus, localizado na Folha 26, Núcleo Nova Marabá, no momento do acidente. Raimundo foi retirado do local do acidente por funcionários do Mix Atacarejo.

A família do idoso argumenta que a retirada da vítima do local do acidente sem a presença do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ilegal. “Eles tinham que acionar o Samu, não levar meu padrasto de qualquer jeito para o Hospital Municipal de Marabá. Será que fizeram isso para não atrapalhar o atendimento aos clientes?”, protesta o enteado Igo Silva.

Igo afirmou ao Portal Debate Carajás que só após a repercussão do caso, o Grupo Mateus autorizou a transferência de Raimundo Lima para um hospital particular de Marabá. Em nota, o Grupo Mateus afirmou estar prestando total assistência à vítima, desde os primeiros socorros.

“Estamos prestando toda a assistência ao cliente, que segue acompanhado por nossa equipe de saúde desde os primeiros socorros prestados ainda na loja, até o presente momento, em que se encontra em atendimento em hospital particular de Marabá.
Internamente, iniciamos uma apuração rigorosa para investigar o caso”, diz a nota.

O idoso recebeu alta na manhã deste domingo (10) e seguiu para casa, onde deve cumprir orientações médicas e permanecer em repouso. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!