Angelito Silva é acusado de atirar na vítima dentro de uma rede em Pacajá

Policiais civis prenderam Angelito Joaquim da Silva, de 66 anos, natural de Cumaru, no estado da Bahia, sob acusação de homicídio, na cidade de Pacajá, região do Lago de Tucuruí, sudoeste do Pará. A polícia localizou Angelito Silva na vicinal Chico Elias, na zona rural de Pacajá, por volta das 10h30 da manhã, e cumpriu o mandado de prisão que havia contra ele, que estava foragido.

A ordem de prisão foi expedida pelo juiz da Vara Única de Pacajá, Lucas Quintanilha Furlan. Segundo os autos do processo criminal, Angelito Silva é o autor de um assassinato ocorrido em 2015, no município. Ele desferiu um disparo de arma de fogo contra a cabeça da vítima, no momento em que ela se encontra no interior de uma rede.

Segundo a Justiça, a prisão cautelar do denunciado é necessária para a instrução processual e para assegurar a aplicação da lei penal, já que o acusado, fugiu do local do crime. Agora, preso está à disposição da Justiça.

O Liberal