Marabá
30°C
Clear sky

Hospital Regional de Marabá retoma atendimentos eletivos com desativação de leitos da covid-19

As alas para o tratamento de pacientes graves da doença no HRSP tiveram 52 leitos, sendo 40 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12 clínicos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Com a queda nos casos relacionados com a covid-19, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, desativou os leitos exclusivos para tratamento do novo coronavírus na unidade. O hospital, agora retoma os atendimentos eletivos seguindo as diretrizes da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa).

Instaladas de maneira emergencial em março de 2020, as alas para o tratamento de pacientes graves da doença no HRSP tiveram 52 leitos, sendo 40 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12 clínicos.

A escolha do Regional do Sudeste do Pará como referência no atendimento de pacientes foi realizada pela Sespa e Ministério da Saúde. Ao todo, foram atendidos 981 pacientes pela unidade, com 588 recuperados, três transferências e 390 óbitos.

Valdemir Girato, diretor Hospitalar do HRSP, explica que o anúncio da desativação dos leitos foi feito durante a reunião do Comitê de Gerenciamento de Crise, criado na unidade para combater a doença, e composto por profissionais do corpo clínico, assistencial e administrativo da instituição.

“Após ser referência para pacientes com a Covid-19, voltamos com 100% dos nossos atendimentos eletivos que durante a pandemia foi reprimido. Estamos felizes com a redução significativamente da doença na região, mais caso necessitem novamente dos nossos trabalhos, iremos estar prontos para combater o vírus que infelizmente tirou muitas vidas”, explicou.

Ainda de acordo com o diretor, as visitas de familiares a pacientes internados na instituição também serão retomadas normalmente a partir dessa semana, seguindo todas as recomendações de higienização da Organização Mundial de Saúde (OMS).
Para o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, o hospital cumpriu a missão delegada pelo governo do Estado.

“Ficamos contentes em oferecer aos pacientes de Covid-19 da região de Marabá uma unidade capaz de ajudá-los na recuperação e alta hospitalar. Toda a equipe da unidade está de parabéns pela sensibilidade em ter oferecido mais esse diferencial no atendimento”, afirmou.

O Regional do Sudeste do Pará é uma unidade que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde. Com atendimento 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o hospital é referência para mais de 1 milhão de pessoas de 22 municípios da região.

Origem dos pacientes

Entre os 981 pacientes encaminhados para tratamento da Covid-19 no Regional do Sudeste do Pará, dados levantados pela unidade apontam que desse total 39% tinham origem de Marabá, 7% de Itupiranga, 5,9% de Jacundá, 4,99% de Canaã dos Carajás, e os demais de outros municípios da região.

A maioria dos pacientes com o novo coronavírus atendidos na unidade tinham idade acima dos 50 anos (63,40%), seguido por pessoas entre 34 e 39 anos (21%). Outros pacientes, com idades entre 19 e 33 anos, representaram 9,48% dos casos. Por último, menos de 7% dos pacientes tinham idade abaixo dos 18 anos.

De acordo com Cassiano Barbosa, diretor Técnico do HRSP, a unidade foi referência para os casos mais graves da doença, com muitos pacientes em estado crítico, com a necessidade de intubação.

“Foi um período de muita superação para todos, conseguimos salvar centenas de vidas que chegaram em estado gravíssimo. Gostaria de parabenizar todo o corpo clínico e assistencial do HRSP, que sempre se empenharam em oferecer um serviço humanizado de excelência a todos pacientes”, ressaltou.

O médico menciona que a taxa de mortalidade na UTI Covid do hospital foi de 39%, bem abaixo da média nacional dos hospitais públicos brasileiros, que é de 53,1%, de acordo com o Registro Nacional de Terapia Intensiva (RNTI).

“O treinamento da equipe, acompanhamento com visitas diárias aos pacientes, e discussão das condutas médicas com a equipe multidisciplinar, fez toda a diferença, para que tantas vidas fossem salvas” explicou Cassiano.

Atendimento pós-Covid-19

O HRSP está promovendo o acompanhamento de pacientes com algum tipo de sequela da Covid-19. O atendimento é realizado por uma equipe multiprofissional da unidade, destacada especialmente para atender os casos de pessoas que continuam apresentando algum sintoma persistentes após a recuperação.

Para agendar as consultas no Regional do Sudeste do Pará é necessário entrar em contato por telefone, no número (94) 98116-1989, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Os atendimentos são realizados uma vez por semana, e já beneficiaram mais de 200 pacientes com consultas e exames laboratoriais. (Portal Debate Carajás – Divulgação)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!