Marabá
23°C
Clear sky

Homem teve corpo carbonizado e mulher foi cortada a faca no nordeste do Pará

Casal foi morto e casa foi incendiada pelos assassinos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um crime bárbaro foi registrado na madrugada deste domingo (27) em Tailândia, nordeste do Pará. Um casal foi morto e teve a casa incendiada. Eles moravam a cerca de três meses no local do crime.

Creusa da Silva Conceição, de 45 anos, e possivelmente o esposo dela, identificado como “Ricardo”, foram mortos no Jardim Liberdade, na vicinal 6. O casal era tido pelos moradores como pessoas de bem.

A mulher sofreu múltiplas perfurações e mutilações pelo corpo. Já a outra pessoa, que a polícia acredita ser o marido dela foi carbonizada. Uma das hipóteses prováveis é que os dois tenham sido mortos antes de a casa ser incendiada pelos criminosos.

Creusa é mãe de um adolescente, acusado de envolvimento na morte de Erica da Silva, uma jovem de 19 anos que foi morta às margens de um igarapé no mês de maio, próximo ao Jardim Liberdade.

Peritos do IML de Belém foram acionados para remoção do corpo de Creusa e retirada da ossada encontrada, no que restou da casa.

De acordo com informações, antes do crime acontecer uma criança foi retirada do local. Creusa não quis sair para se abrigar na casa de um filho, e preferiu permanecer na residência.

A Polícia Militar só foi acionada por volta das 3h da manhã, quando a mulher já estava morta e a casa incendiada. Não houve chamada quando começaram a surgir as ameaças de incêndio.

Algumas linhas de investigação foram traçadas pela Polícia Civil, mas não foram divulgadas para a imprensa para não atrapalhar o andamento da apuração do caso. (Portal Tailândia)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!