Homem obrigava ‘neta’ a deixar porta aberta para cometer estupro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Um homem de 36 anos foi preso no domingo (6) acusado de estuprar uma menina de nove anos, neta da esposa dele, de 47 anos. Os abusos aconteciam dentro da casa da família, no Bairro André Maggi, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

Segundo boletim de ocorrência registrado pela mãe e pela avó da menina, há alguns dias elas começaram a perceber um comportamento diferente na criança e resolveram olhar o celular dela.

No aparelho encontraram mensagens do marido da avó em que ele elogiava a criança e a instruía a deixar a porta do quarto aberta e esperar a avó dormir.

Ao ler as mensagens, a mãe e a avó questionaram a criança, que contou que há vários dias o suspeito vinha cariciando as partes íntimas dela e esfregando o órgão genital nas nádegas dela.

Elas agrediram o acusado, acionaram a Polícia Militar e o fizeram ser detido. Ele não reagiu à prisão e assumiu o crime.

Ele foi encaminhado para a delegacia com marcas vermelhas no pescoço e nas costas devido às agressões no momento de revolta da mãe e da avó da criança. O caso foi registrado como estupro de vulnerável.

O Livre

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!