Marabá
31°C
Overcast clouds

Homem mata desafeto, arranca coração e pulmão da vítima no sudeste do Pará

"Pimenta" era fugitivo de presídio em Marabá - Crédito: Whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O foragido do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes, no ano de 2015, em Marabá, Deberson Almeida dos Santos, vulgo “Pimenta”, foi preso ontem (4), após matar um desafeto, conhecido apenas pelo nome de “Alex”, na Vila Brasileira, zona rural de Nova Ipixuna, no sudeste do Pará.

A vítima foi morta a golpes de faca e disparos de arma de fogo, tipo “garrucha”. De acordo com a perícia médica, após executar “Alex”, Deberson Santos abriu o tórax e abdômen, retirou o coração, pulmão e jogou o corpo em uma represa. “Pimenta” teria arrastado o cadáver, puxando-o através de uma corda até o lago, a cerca de 100 metros da casa.

O suspeito afirmou ter sido agredido com um “murro”, por isso resolveu se vingar. Depois de cometer o bárbaro crime, ele foi para casa, mas, ao avistar a viatura, fugiu para uma área de matagal, nas proximidades da Vila 41, porém foi capturado pela Polícia Militar de Nova Ipixuna.

O coração da vítima não foi encontrado. “Pimenta” foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Nova Ipixuna.  O suspeito foi encaminhado  para o Centro de Triagem Masculina de Marabá (CTMM), onde vai cumprir o restante da penas e deverá ir a júri popular pela morte de “Alex”.

Corpo foi encontrado em represa – Crédito: Whatsapp

Fonte: Portal Debate Carajás

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!