Marabá
31°C
Overcast clouds

Homem é preso por tentativa de estupro contra adolescente de 15 anos em Parauapebas

José Edilson de Oliveira
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Foi encaminhado para a Cadeia Pública, na manhã deste domingo (27), por volta das 11h, José Edilson de Oliveira, de 50 anos de idade. Ele foi conduzido, na noite de sábado (26), pela guarnição do cabo Batalha, da Polícia Militar, à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, acusado de importunação sexual, tendo como vítima uma adolescente de 15 anos. O acusado nega tudo e diz estar sendo alvo de calúnia.

De acordo com a jovem, ela havia saído de sua casa no Bairro Liberdade I para ir até a praça próxima, para comprar um cachorro-quente. Quando retornou, foi seguida pelo acusado, que dirigia um veículo Chevrolet Cruze, de cor branca, e passou a buzinar para ela.

Ainda segundo a adolescente, já em uma rua escura, o homem a puxou para dentro do automóvel e tentou lhe tirar a blusa. Mas ela conseguiu se desvencilhar dele e correu para casa, onde contou o caso para os parentes do seu namorado.

Imediatamente, eles começaram a realizar buscas, encontraram José Edilson na praça e ligaram para a Polícia Militar. Ainda no local, a vítima reconheceu o acusado como sendo o homem que a atacou.

A adolescente e o homem, além do veículo que ele dirigia, foram levados para a delegacia e entregues ao delegado plantonista Dufrae Abade Paiva, que confeccionou os procedimentos cabíveis, autuando José Edilson de Oliveira no artigo 215-A, do Código Penal Brasileiro: “Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro: (Incluído pela Lei nº 13.718, de 2018). Pena – reclusão, de 1 a 5 anos, se o ato não constitui crime mais grave (Incluído pela Lei nº 13.718, de 2018)”.

Ouvido pela Reportagem do Blog, o acusado negou as acusações, disse que estava sendo alvo de calúnia e afirmou que a garota vai ter que provar as acusações contra ele. 

Suspeito sendo conduzido para Delegacia de Polícia Civil.

Fonte: Zé Dudu

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!