Marabá
26°C
Overcast clouds

Homem é perseguido e linchado por seis pessoas no Pará

Vítima, ainda não identificada, foi perseguida e linchada por seis pessoas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Moradores da Travessa Dois de Janeiro, no bairro de Águas Brancas, em Ananindeua, testemunharam uma cena de selvageria na noite desta quinta-feira (7). Um homem ainda não identificado foi perseguido e massacrado por um grupo de seis pessoas. Os autores da violência usaram uma faca, uma perna manca e também uma arma de fogo no ataque à vítima. A polícia está investigando o homicídio para tentar descobrir a motivação para a execução e também quem foram os autores.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência por volta das 20h. Ao chegarem ao local onde o corpo da vítima foi deixado, os policiais depararam-se com uma cena de extrema violência. O homem estava com o rosto todo desfigurado em virtude dos golpes aplicados pelos agressores. Um vídeo com essas imagens da vítima chegou a circular pelas redes sociais, mas não será reproduzido por conter cenas de extrema violência.

Perseguição

Levado ao CPC Renato Chaves, o corpo da vítima apresentava lesões provocados por instrumento cortante, além de marcas de balas e hematomas no rosto provocados por instrumento contundente.

“Seis elementos atacaram a vítima utilizando facas, perna manca e arma de fogo”, explicou o perito João Elias. “A vítima estava sendo perseguida e foi abordada próximo daqui. Ela ainda tentou correr, mas, ao chegar aqui nesta passagem os elementos conseguiram dominá-la e iniciaram a sequência de agressões”, complementou.

Além dos policiais militares e peritos do CPC e do Instituto Médico Legal (IML), plantonistas da Divisão de Homicídios da Polícia Civil também atuaram no local de crime. (Com O Liberal)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!