"Neguinho" foi morto com 42 facadas.

Uma criança passava em frente a uma casa, no Residencial Magalhães, no bairro São Félix, por volta de 7 horas, ontem (11), e avistou o corpo de Erisvaldo Ferreira Sousa, 35 anos, conhecido como “Neguinho”, imerso em uma poça de sangue aparentando estar sem vida, em Marabá, sudeste do Pará.

A Polícia Civil foi chamada e os agentes encontraram a vítima caída próximo à porta da casa que se encontrava aberta. Erisvaldo Sousa apresentava aproximadamente 42 perfurações, provocadas por uma arma branca, tipo faca, em todas as regiões do corpo da vítima.

De acordo com vizinhos, Erisvaldo Sousa morava há cerca de 3 meses no endereço. No local do crime, havia indícios de que ele tinha ingerido bastante bebida alcoólica durante a noite anterior. De acordo com vizinhos, a ele era uma pessoa trabalhadora e não era usuária de drogas. O Departamento de Homicídios da 21ª Seccional de Polícia Civil vai investigar o caso.