Um homem foi espancado até a morte neste domingo (11), Dia dos Pais, no bairro da Pratinha II, em BelémReginaldo Brígida Belém matou uma pessoa e feriu mais quatro. Segundo a Polícia Militar, o suspeito estaria embriagado.

De acordo com a polícia, Reginaldo saiu na rua tentando agredir várias pessoas com um gargalo de garrafa. Ao entrar na rua Cupuaçu, ele invadiu uma casa que estava com a porta aberta, desferindo vários golpes contra as vítimas. A dona da casa e deficiente física, identificada como Conceição de Jesus Pereira Gonçalves, de 37 anos, morreu na hora.

Dentro da casa, o suspeito ainda agrediu Maria Raimunda Pereira, de 55 anos, com golpes na cabeça e Ueler Santos, de 30 anos, companheiro dela, atingido com golpes na garganta e na barriga. Na residência da família onde as três pessoas foram vítimas, havia 12 crianças, podendo a tragédia ter sido ainda maior. Além das três, o suspeito ainda agrediu Ivic Gemake Duarte com golpes no pescoço. Ele foi socorrido em estado grave.

Todas as vítimas da tragédia foram socorridas e levadas para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. O DOL entrou em contato com o hospital e aguarda um posicionamento sobre o estado de saúde das vítimas. Segundo moradores, o agressor teria tido um surto psicótico, porém a versão ainda não foi confirmada pela polícia.

DOL