Marabá
27°C
Clear sky

Helder flexibiliza restrições da pandemia para evento de Bolsonaro em Marabá

Governador Helder Barbalho anunciou que as regiões de Carajás e do Araguaia passam para a bandeira amarela a partir desta sexta-feira (18), quando o presidente Jair Bolsonaro desembarca em Marabá para evento com aglomeração no Parque de Exposições “José Francisco Diamantino”
Governador Helder Barbalho, ao lado do secretário Rômulo Rodovalho e do reitor da Ufra, Marcel Botelho | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Após reunião do Comitê Técnico e Científico, realizada na noite desta quinta-feira (17), o governador Helder Barbalho anunciou, nas redes sociais, mudança na classificação de risco da covid-19 para as regiões de Carajás e do Araguaia, no sudeste e sul do Pará. A partir desta sexta-feira (18), essas regiões saem da bandeira laranja, de risco médio, e avançam à coloração amarela, considerada de risco intermediário. O presidente Jair Bolsonaro desembarca nesta sexta-feira (18) em Marabá para entregar 50 mil títulos rurais em ato que deve mobilizar milhares de pessoas.

Seguem em bandeira amarela as regiões Metropolitana I e II, Marajó Oriental, Baixo Tocantins, Marajó Ocidental, Nordeste, Baixo Amazonas, Xingu e Tapajós.

Foto: Divulgação

Vacinação

O avanço da imunização contra a covid-19 no Pará resultou na queda de 45% no número de óbitos de idosos acima de 70 anos, de acordo com o estudo realizado pela Ufra e apresentado na reunião do Comitê. No primeiro ano da pandemia, este segmento ocupou a maior parte dos leitos da rede estadual de saúde.

A análise dos dados também indicou que, no momento do anúncio da mudança de coloração, a ocupação de leitos clínicos no Pará era de 45,9%, enquanto o índice nos leitos de UTI estava em 67,78%. (Com Agência Pará)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!