Marabá
27°C
Overcast clouds

Gusttavo Lima leva calote milionário junto com Tia Crey e David Brazil

Sertanejo foi contratado para se apresentar em um evento em São Paulo, mas a empresa ainda não pagou os cachês
O cantor Gusttavo Lima | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

No início de junho, Gusttavo Lima apresentou seu show Embaixador in Concert no ZoOme Hall, em São Paulo. O espetáculo fez parte de um projeto do teatro no qual o fã pagava R$ 29,90 para assistir à exibição por meio de um aplicativo.

Até aí, tudo bem. O problema é que passados três meses pessoas que trabalharam no evento, como David Brazil, Tia Crey, personalidade da internet que não assume publicamente sua verdadeira identidade, e o próprio Gusttavo Lima não receberam o cachê completo.

Procurados, David e Tia Crey confirmaram que não foram pagos pelo trabalho de apresentação da live, e Gusttavo disse que não tinha certeza se recebeu ou não. O valor do cachê do sertanejo era de um milhão de reais.

Ricardo Kurtz, diretor do ZoOme, explicou o que aconteceu e prometeu que até o fim do mês todos receberão o combinado:

“O show não aconteceu como esperávamos. Investimos muito dinheiro antes e não tivemos lucro nem para pagar o investimento. Tivemos que acionar investidores, e este processo demora cerca de seis meses. Mas quero deixar claro que vamos resolver até o fim deste mês, e não precisarão esperar nem o prazo dos investidores. Tenho falado com as pessoas que devemos cerca de três vezes na semana. Está tudo certo. Quanto ao Gusttavo Lima, a negociação era diferente e está tudo ok com ele também”.

Havia a promessa de sorteio de uma Mercedes no show. O carro foi emprestado pela Caltabiano, representante da marca, e a escolha do dono do carro não aconteceu. Existem 80 processos na Justiça por causa da não realização do sorteio do veículo.

O calote que Tia Crey recebeu foi duplo, pois, além da apresentação, a influencer havia sido contratada para divulgar o evento em suas redes sociais. Assim como Cocielo, que também não recebeu um centavo pelo trabalho.

Wesley Safadão, que se apresentou no dia seguinte no mesmo local, disse que recebeu o cachê. Tirulipa que trabalhou neste dia também confirmou o recebimento.

Na semana seguinte, estavam previstos shows de Simone e Simaria, Felipe Araújo, Xand Avião e Jonas Esticado. Nenhum deles subiu ao palco, pois, por contrato, esses artistas só se apresentam com o pagamento integral antes da apresentação, o que não aconteceu. (Leo Dias/Metrópoles)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!