A operação Pescoço Seguro, deflagrada pela Guarda Municipal de Marabá nos setores Cidade Nova e Nova Marabá na tarde deste domingo (28), apreendeu 15 tubos de linha com cerol e várias pipas. Entre a nefasta linha cortante, conhecida popularmente como cerol, os guardas municipais identificaram e recolheram 5 unidades, bastante letais, conhecidas como linhas chilenas.

A operação Pescoço Seguro foi motivada pela morte do motociclista David Pereira da Silva, 30 anos, na tarde de ontem (27), após ter o pescoço ferido por uma pipa com cerol em frente ao Ginásio Poliesportivo Renato Veloso, na Folha 16, núcleo Nova Marabá. “Houve vários pedidos da população, solicitando a apreensão da linha cortante, depois da morte do jovem. A Guarda Municipal existe para proteger a vida do cidadão”, relatou um integrante da operação.

Devido a inexistência de leis eficientes, tipificando o crime cometido pela pessoa que utiliza o cerol para empinar pipas, não houve prisão dos portadores do material ilícito. O elevado número de acidentes, fatais ou não, provocados pela linha com cerol no Brasil, exige a criação de uma legislação mais dura para punir os infratores, sejam eles adolescentes ou não.