Marabá
29°C
Clear sky

Grupo pinta faixa de pedestres em 3D para chamar atenção de motoristas

A ideia é que os motoristas reforcem o cuidado ao notarem faixas “flutuantes”, isto é, que se sobressaem ao relevo do asfalto por conta da estratégia da pintura
Ilusão de óptica foi usada como um fator a mais para obrigar o motorista reduzir a velocidade e permitir a passagem dos pedestres | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Pará, Brasil — Um grupo de pessoas resolveu fazer na rua 21 de abril, no bairro do Icuí-Guajará, em Ananindeua, a chamada faixa de pedestres 3D, um tipo de intervenção urbana bastante difundida pelo mundo.

A ideia é que os motoristas reforcem o cuidado ao notarem faixas “flutuantes”, isto é, que se sobressaem ao relevo do asfalto por conta da estratégia da pintura. Eles querem usar a ilusão de óptica como um fator a mais para obrigar o motorista reduzir a velocidade e permitir a passagem dos pedestres.

Ainda não se sabe se vai continuar lá por muito tempo, pois para a implantação de faixa de pedestres são necessários estudos técnicos que avaliam, entre outras coisas, a geometria da via, a topografia do terreno, o fluxo de veículos e de pedestres entres outros requisitos.

Além disso, são considerados, por exemplo, a segurança da sinalização em condições adversas, como na neblina, chuva e durante a noite. Por conta disso, em algumas cidades a secretaria de mobilidade foi obrigada a apagar o novo tipo de faixa. (Ver-o-Fato)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!