Yure Gonçalves teria sido jogado da ponte do Rio Tocantins por uma quadrilha.

Relato de familiares de um jovem, conhecido como “Yure Sousa Gonçalves”, 19 anos, denuncia que ele teria sido arremessado da Ponte do Rio Tocantins, ontem (2), por volta de 3 horas da manhã, após uma sessão de socos e pontapés. De acordo com amigos da família, durante a agressão, a mulher teria conseguido se salvar, mas a vítima não teve a mesma sorte e foi jogada da Ponte.

De acordo com as redes sociais, o casal saiu de uma casa noturna, localizada no bairro São Félix, “de carona” em uma motocicleta, e passou a ser seguido por seis homens, divididos em duas motos. O bando, ao alcançar o casal, teria chutado a moto, onde Yure Gonçalves e a esposa se encontravam, obrigando-o piloto a parar o veículo e iniciaram a sessão de espancamento.

A esposa ainda teria implorado pela vida do companheiro, mas ele foi arremessado de cima da ponte, caindo nas águas do Rio Tocantins. O Corpo de Bombeiros foi acionado, entretanto a família acusa os militares de não mergulharem, ontem à noite, devido a falta de visibilidade da água, revoltando os amigos e familiares.

Corpo de Bombeiros

O Portal Debate Carajás manteve contato com o Comando da Corporação militar, o Major Paulo César confirmou o grau de turbidez da água , ontem à noite, mas afirmou que existem equipes fazendo buscas para localizar o corpo de Yure Gonçalves, desde as primeiras horas da manhã de hoje. “Não estamos procurando o corpo da vítima, no mesmo local da família. Se ele caiu na água e faleceu, a correnteza já arrastou o corpo por vários quilômetros”, afirmou o militar.