Marabá
29°C
Overcast clouds

Governo anuncia 10 novos leitos de UTI-covid para Marabá

Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O governador Helder Barbalho (MDB), através da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa) anunciou a criação de mais 10 leitos de UTI no Hospital Regional do Sudeste, ainda esta semana, chegando a 48 leitos, em Marabá, no sudeste do Pará, na tentativa de diminuir o número de óbitos ocorridos nos últimos dias.

A cidade polo do Carajás teve um paciente morto a cada seis horas, durante o feriadão da Semana Santa, devido a contaminação da covid-19. Alguns pacientes chegaram a ser transferidos do Hospital Municipal (HMM) para o Hospital Regional, mas já chegaram praticamente mortos. Segundo a Sespa, a opção de não reabrir o Hospital de Campanha (HC) de Marabá faz parte de uma estratégia descentralizada de atendimento a pacientes com coronavírus no sudeste do Pará.

Contramão

A estratégia descentralizada deverá ser acompanha de perto, pois o governo optou em não reativar o HC de Marabá, porém as unidades do Hospital de Campanha de Belém e Santarém estão funcionando, a pleno vapor, há vários meses. Vale ressaltar que os leitos de UTI do HMM são exclusivos para covid-19. Se o quadro clínico do doente piorar, ele terá que ser transferido para o Hospital Regional, onde quase sempre não existe vagas devido ao baixo número de leitos.

O boletim epidemiológico, publicado ontem (5), mostrou 100% dos leitos de UTI/UCE, exclusivos para covid-19, ocupados. Já os leitos de enfermaria, exclusivos para o coronavírus, a taxa era de ocupação: 88,8%. Os dados mostram que, há dias, doentes estão aguardando na fila a transferência para uma UTI e muitos estão morrendo sem conseguir respirar. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!