Marabá
35°C
Clear sky

Governadores e prefeitos podem ser convocados a depor na CPI da Covid

Decisão é uma forma de acalmar ânimos dos governistas no momento em que a comissão vai atacar ainda mais Bolsonaro
Presidente da CPI, Omar Aziz, e relator, Renan Calheiros: comissão pode convocar governadores e prefeitos para depor | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A CPI da Covid deve votar nesta quarta-feira (26) a convocação de nove governadores e 12 prefeitos e ex-prefeitos para depor sobre suspeitas de desvio de recursos para o combate ao novo coronavírus em estados e capitais.

Serão chamados os governadores do Pará, do Amapá, do Amazonas, do Distrito Federal, do Rio de Janeiro, do Rio Grande do Sul, de Rondônia, de Roraima e de Santa Catarina.

Além disso, prefeitos de seis capitais também serão chamados: de Aracaju, de Fortaleza, de Macapá, do Recife, de Rio Branco e de São Luís.

A decisão de convocar governadores e prefeitos foi tomada para acalmar os ânimos dos governistas que integram a CPI. Eles têm reclamado de que a comissão só apontou a mira até agora para a atuação do governo federal na pandemia e ignorou a eventual responsabilidade estadual ou municipal.

Os nomes foram escolhidos pelos senadores com base em operações da Polícia Federal realizadas nestas regiões para investigar casos de desvio de verbas para o combate à pandemia. (Com informações da IstoÉ)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!