No início da tarde de ontem (29), uma mulher, ainda não identificada, foi atingida a golpes de faca por outra mulher, recém liberada da Penitenciária Agrícola Mariano Antunes (Crama). Os ferimentos foram leves e ela não corre risco de morte. A área onde houve a tentativa de homicídio é considerada de alta periculosidade pela polícia devido ao intenso comércio de venda de entorpecentes e a constante violência no local.

Por volta de 16 horas, a Polícia Militar foi acionada, pois o marido da mulher esfaqueada, Josiel Gomes da Silva, também foi ferido a golpes de faca, não resistiu às lesões provocadas pela arma branca e morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU). O assassinato ocorreu na Rua 31 de Março, entre as ruas Goiás e Nossa Senhora da Conceição.

No local, imperou a “lei do silêncio”, “ninguém sabe, ninguém viu”. De acordo com a polícia, o casal tinha envolvimento com drogas. Ainda existe uma outra versão, dando conta de que um roubo de bicicleta poderia ter desencadeado a confusão que resultou na morte de Josiel Silva. A Delegacia de Homicídios da 21ª Seccional de Polícia Civil está investigando o caso.