Marabá
33°C
Overcast clouds

Marciano é preso e ameaça policiais no interior do Pará

Homem estava armado com uma pistola 380 e utilizava uma motocicleta com placa adulterada
Marciano Filho - Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Foragido da Justiça, Marciano Ferreira Filho, de 29 anos, foi preso, na Balsa do Rio Xingu, próximo à Gleba Assurini, zona rural de Altamira, na tarde desta quinta-feira (7).

O homem estava armado com uma pistola 380 e utilizava uma moto roubada e com placa adulterada. Marciano era foragido do sistema prisional do Estado do Tocantins. Ele se escondia em um sítio na Gleba Assurini, mas já estava sendo monitorado pela Polícia Civil de Altamira.

Marciano já havia cumprido pena no Centro Penitenciário Agrícola Mariano Antunes (Crama), em Marabá, após ser condenado pelos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará. O foragido da Justiça é acusado de assaltar várias garotas de programa. Ele marcava o encontro, fazia o programa sexual e depois assaltava as vítimas.

No momento da abordagem, o homem resistiu à prisão e ameaçou matar os policiais. “Eu já fui preso, mas na hora que sair da cadeia, vou acertar as contas com vocês”, finaliza. O delegado Walison Damasceno afirmou que Marciano é um indivíduo de alta periculosidade. Foi aberto um inquérito policial para investigar os assaltos a garotas de programa.

Na Delegacia de Polícia Civil de Altamira, o homem foi autuado, em flagrante, pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, receptação, adulteração de sinal identificador, ameaça e resistência à prisão. Ele ficou custodiado, aguardando recambiamento para o Tocantins para cumprir o restante da pena. (Portal Debate Carajás, com Confirma Notícia)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!