Após Irene Franco Moreira, dá entrada no Hospital Municipal de Marabá, por volta de 16 horas, segunda-feira (29), esfaqueada no pescoço, a Polícia Civil interrogou a vítima e ela disse que foi agredida por Luciana da Silva Santos. De imediato, policiais civis iniciaram as buscas pela acusada.

Por volta de 11h30, agentes da Polícia Civil prenderam a acusada, em uma residência, localizada na Rua 31 de Março, bairro Liberdade, terça-feira (30). A faca utilizada, pela acusada, para golpear Irene Moreira, não foi encontrada. Ao ser apresentada na 21ª Seccional de Polícia Civil, descobriu-se que Luciana Santos é fugitiva de um Centro de Reeducação Feminino, em Belém, no dia 18/3/2019, em uma saída temporária.

A vítima, Irene Moreira, é companheira de Josiel Gomes da Neves, 29 anos, morto a golpes de faca, no dia 29, no mesmo local. Existe a possibilidade da morte de Josiel Neves está relacionada a um roubo de bicicleta, porém a polícia afirma que o palco onde ocorreram os dois crimes, é um conhecido ponto de venda drogas. De acordo com o delegado Vinicius Cardoso, as investigações estão em andamento para prender o autor do homicídio.